Prefeitura Realiza Projeto Está Com Calor? Plante Uma Árvore!
Prefeitura realiza mais uma ação de educação ambiental e arborização durante a semana mundial do meio ambiente.
Publicado em: 16/06/2020 ás 10:53:00

A Prefeitura Municipal de Santa Terezinha do Tocantins, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Turismo, realizou durante a Semana Mundial do Meio Ambiente, nos dias 01 à 05 de junho, a comemoração da Semana Mundial do Meio Ambiente, com mais uma ação de educação ambiental e arborização, através do plantio de mudas nativas nas principais ruas e avenidas de Santa Terezinha do Tocantins – TO. A ação contou com a participação dos funcionários da Secretaria de Meio Ambiente.

A atividade contou com o plantio de 100 mudas de árvores nativas, como Ipê (80 mudas), Ingá (20 mudas). Ação tem como objetivo de contribuir com a preservação ambiental e consequentemente com a estética, e ainda a amenização da temperatura através do paisagismo e arborização.

 

O Projeto Está Com Calor? Plante Uma Árvore!

 

O Projeto Está Com Calor? Plante uma árvore! Foi idealizado pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Turismo, e tem o objetivo de contribuir com a preservação ambiental no meio urbano, além de contribuir com a educação ambiental dos moradores, as árvores também desempenham um importante papel na melhoria da qualidade de vida da população, principalmente no que se refere ao conforto ambiental proporcionado por elas.

Desta forma “Os benefícios proporcionados pelas árvores são inúmeros classificados como benefícios ecológicos, estéticos, econômicos e sociais. Os benefícios ecológicos referem-se à melhoria microclimática, ou seja, as árvores, por intermédio de suas folhas, absorvem radiação solar que diminui a reflexão e proporciona sombra; reduzem a velocidade dos ventos, aumentam a umidade atmosférica que refresca o ar da cidade, amenizando a poluição atmosférica e acústica, além de protegerem o solo e a fauna” ", comentou a secretária municipal de Meio Ambiente e Turismo, Raiane Pereira Leal.

 

 Além disso, de acordo com a secretária, “os benefícios estéticos referem-se à adição de cores ao cenário urbano com as flores, folhas e troncos; à introdução dos elementos naturais e linhas suaves e orgânicas no meio urbano composto de materiais artificiais e; à adição de dinamismo à paisagem urbana através dos aspectos de mudança de cor, queda e brotação das folhas, floração e frutificação, esses são alguns dos benefícios do projeto” explicou a gestora da pasta.