Córrego Lucas recebe ação de Reflorestamento em comemoração pelo Dia Mundial do Meio Ambiente.
Prefeitura Realiza Ação de Reflorestamento no Perímetro Urbano do Córrego Lucas.
Publicado em: 16/06/2020 ás 10:40:00

A Prefeitura Municipal de Santa Terezinha do Tocantins, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Turismo, realizou na sexta-feira, 05 de junho, a comemoração do Dia Mundial do Meio Ambiente, com a realização do Reflorestamento da margem urbana do Córrego Lucas. A ação contou com a participação dos funcionários da Secretaria de Meio Ambiente.

A atividade contou com o plantio de 100 mudas de árvores nativas, como gameleira (10 mudas), sombreiro (35 mudas), bacaba (50 mudas), Axixá (05 mudas). Também foi realizada a limpeza das margens do córrego, com a retirada de grande quantidade de sacolas, plásticos, roupas velhas, garrafas e outros tipos de vasilhames.

 

O Projeto

 

O Reflorestamento do Córrego Lucas teve o objetivo de contribuir com a preservação ambiental do Córrego Lucas e, ainda, com a educação ambiental dos participantes, colaboradores e moradores adjacentes ao curso d'água. A ação buscou, ainda, contribuir com a prevenção da Dengue, uma vez que a melhor forma de se evitar a dengue é combater os focos de acúmulo de água, em locais propícios para a criação do mosquito transmissor da doença.

"Desta forma, a ação foi de extrema relevância, uma vez que durante a atividade foram encontradas latas, embalagens, copos plásticos, tampinhas de refrigerantes, pneus velhos, garrafas, tambores, latões, sacos plásticos, entre outros, objetos que acumulam água na margem do córrego e que podem ser hospedeiro do mosquito", explicou a secretária municipal de Meio Ambiente e Turismo, Raiane Pereira Leal.

 Ainda de acordo com a secretária, o Projeto surgiu da necessidade de preservação e uso adequado do Córrego Lucas, tanto para o lazer como um recurso hídrico indispensável para os moradores locais. "A urbanização próxima aos cursos d'água, sem o devido cuidado por parte de moradores em relação à preservação e conservação e, principalmente, com o lixo exagerado nas suas margens, está gerando a degradação do córrego", afirma a gestora.